PROJETO ESCOLA CÍVICO MILITAR

“O que é o Programa Nacional das Escolas Cívico-Militares?
O Programa Nacional das Escolas Cívico-Militares é uma iniciativa do Ministério da Educação, em parceria com o Ministério da Defesa, que apresenta um conceito de gestão nas áreas educacional, didático-pedagógica e administrativa com a participação do corpo docente da escola e apoio dos militares. A proposta é implantar 216 Escolas Cívico-Militares em todo o país, até 2023, sendo 54 por ano
O modelo a ser implementado pelo Ministério da Educação tem o objetivo de melhorar o processo de ensino-aprendizagem nas escolas públicas e se baseia no alto nível dos colégios militares do Exército, das Polícias e dos Corpos de Bombeiros Militares.
Os militares atuarão no apoio à gestão escolar e à gestão educacional, enquanto professores e demais profissionais da educação continuarão responsáveis pelo trabalho didático-pedagógico.
Participarão da iniciativa militares da reserva das Forças Armadas, que serão chamados pelo Ministério da Defesa. Policiais e Bombeiros militares poderão atuar, caso seja assim definido pelos governos estaduais e do Distrito Federal”.
Fonte: http://escolacivicomilitar.mec.gov.br/18-o-programa
Professor Paulo Campos

PROJETO PETROLÂNDIA CIDADÃ

Ivone Alves: Uma Luz no fim do túnel para a Câmara de Vereadores de Perolândia. Desde o reassentamento compulsório da população rural de nossa cidade, já se vão 32 anos e ninguém, até o momento, é dono de nada. Nem de suas casas e nem dos lotes irrigados. O mesmo acontece com os residentes na cidade. Só possuem título de posse, moradores da quadra um até a quadra 11. O título de posse é fundamental para a obtenção de financiamento junto às instituições financeiras.
O direito de propriedade é descrito no Inciso XXII do Artigo 5º da Constituição Federal de 1988. Nele, estão previstos direitos fundamentais, com objetivo de assegurar uma vida digna, livre e igualitária a todos os cidadãos do país.
De forma resumida, pode-se pensar no direito de propriedade como o direito de uma pessoa, dentro dos limites da lei, de dispor e usufruir de um bem, e também de determinar o que é feito com ele. Ou seja, o direito de propriedade garante que qualquer cidadão tem direito de possuir, ou seja, ser dono de bens.
Se eu for eleita vou lutar, incansavelmente, para que seja concedido, por quem de direito, o título de posse a todos os reassentados e proprietários de imóveis a partir da quadra 12.

Por Paulo Campos (Assessor de Ivone Alves)

PROJETO AGRICULTURA FAMILIAR – PETROLÂNDIA PERNAMBUCO

Ivone Alves: Uma luz no fim do túnel para a Câmara de Vereadores de Petrolândia. Mais um Projeto da candidata a Vereadora Ivone Alves. Segundo Ivone, é necessário estimular a agroindústria familiar na área rural para incrementar a renda das famílias. A agroindústria familiar melhora a qualidade de vida dos agricultores familiares, evita o êxodo rural e ainda promove a sucessão familiar. Já divulgamos o Projeto Santuário do Coração de Jesus. Mais Projetos serão divulgados aré o dia 14 do corrente. Todos os Projetos serão apresentados à Câmara de Vereadores na primeira sessão plenária, se for eleita. Professor Paulo Campos (Assessor de Ivone Alves)

PROJETO SANTUÁRIO DO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS – PETROLÂNDIA PERNAMBUCO

Ivone Alves: Uma luz no fim do túnel para a Câmara de Vereadores de Petrolândia.
Esse é um dos projetos para Cultura e Turismo a ser apresentado pela candidata a Vereadora Ivone Alves na Câmmara de Vereadores na primeira sessão plenária, se for eleita. Até o dia dez do corrente mais projetos serão apresentados nas áreas de Agricultura, Educação e Infraestrutura.

Veja o projeto na íntegra:

Projeto-Santuario-do-Sagrado-Coracao-de-Jesus-2